Como saber se preciso renovar a identidade visual da minha empresa?

Renovar a identidade visual é um processo que pode ser doloroso, mas necessário, uma vez que as marcas precisam dialogar e criar conexões com as novas gerações de consumidores.


A linguagem visual de uma empresa consiste na combinação entre o logotipo, as cores, tipografia e formas, que compõem a comunicação visual ideal para representar um empreendimento.


A partir de agora, iremos mostrar algumas dicas importantes para você avaliar se é preciso renovar a identidade visual da sua empresa neste momento.


Quer saber mais sobre o assunto? Então, não deixe de acompanhar esse texto até o final.

Sua identidade visual mostra a essência da sua marca?

A identidade visual de uma marca é o conjunto de elementos gráficos que tem o objetivo claro de conectar o público com suas ideias, propósito, produtos e serviços. São elementos da identidade visual: logotipo, slogan, tipografia, elementos gráficos que compõem as padronagens, texturas, embalagens, peças gráficas ou digitais. 


Todos esses elementos em conjunto, utilizados em várias mídias formam um conceito visual, com o qual criamos essa identificação. Tudo isso junto, vai comunicar muita coisa sobre sua empresa, como por exemplo, se ela é mais séria, mais moderna, mais conservadora ou mais descolada. 


A sua marca precisa expressar quem é a sua empresa, e para avaliar se ela realmente está boa e saber com quem ela vai se comunicar de fato, você vai precisar estar atento a alguns detalhes. Para isso, observe bem sobre seus clientes, o que eles gostam, o que eles compram, quais os hábitos, o que eles mais gostam da sua empresa etc. Além disso, é preciso observar o mercado, os concorrentes e se os elementos visuais da empresa já não estão ultrapassados.


Tendo tudo isso em mente, você vai concluir se a identidade visual da sua empresa ainda funciona e se ela ainda se comunica bem com seus clientes.
E caso você perceba que o seu posicionamento visual porventura destoa do seu propósito, talvez seja hora realmente de mudar. Começar pela mudança do logo pode ser um bom caminho para renovar e trazer um novo ar para sua comunicação.


 Mudança leve ou radical?

No meio do caminho, você pode perceber se existem coisas na sua identidade que funcionam e que precisam apenas de uma leve modernização. Pode ser um ajuste na tipografia, nas cores ou nas formas do símbolo. Algumas marcas possuem um posicionamento super tradicional e tem dificuldades para se modernizar radicalmente, devido o seu público e algumas características. É o caso, por exemplo da marca de fermentos Pó Royal, que mantém traços de sua versão original, mas frequentemente muda algum detalhe sem perder sua essência. A mudança acontece de forma sutil, na tipografia, nas formas e cores, mas esse conceito retrô permanece sempre na sua identidade.



Outros casos já pedem uma mudança mais radical. Quando uma empresa adota um novo posicionamento ou busca conquistar um novo nicho de mercado, pode ser que a mudança tenha que ser mais percebida. O novo logotipo da Subway por exemplo, passou por um redesign bem significativo em sua última mudança. Os tons das cores, tipografia e símbolo foram bastante alterados. Saiu o contorno e a inclinação da fonte. A tipografia também foi totalmente modificada. 


Fique atento para o repertório da identidade visual

O logotipo é o que mais irá chamar a atenção dentro do espectro da identidade visual, mas ele não está sozinho.


Como já falamos no início do texto, a identidade visual deverá ser composta por um conjunto de outros elementos que formam o repertório imagético da sua empresa.


Estes outros elementos são:

·      Grafismos
·      Paleta de cores
·      Tipografia
·      Elementos visuais
·      Estampas
·      Mascote

Todos esses elementos deixam os materiais institucionais da sua empresa com uma identidade mais completa, ficam bem mais atrativos e comunicam muito melhor com seu público. Além disso, adotando outros elementos que não somente o logo, a variação consegue ser maior e a identidade fica mais versátil, menos cansativa, durando mais tempo e comunicando com vários públicos ao mesmo tempo.


Outra dica importante é não se apegar tanto ao gosto pessoal. A marca de uma empresa representa um conjunto de ideias e atua diretamente no seu posicionamento junto ao seu público. Dessa forma, uma hora ou outra você sentira a necessidade de mudar, seja em maior ou menor grau de intensidade. Afinal de contas, renovar é sempre muito bom.


Caso identifique que é preciso renovar a identidade visual da sua empresa, entre em contato conosco. Nossos especialistas estão prontos para alavancar o seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deseja receber conteúdo por e-mail?

BUSQUE POR CATEGORIAS

MARKETING
DIGITAL

IDEIAS E
INSPIRAÇÕES

INSTITUCIONAL

DESIGN

ESTRATÉGIAS

UNIVERSIDADE
POP