Dia da mídia – Mídia tradicional x mídia digital – O que mudou?

No dia 21 de junho é comemorado o Dia da Mídia e do Profissional de Mídia, que homenageia todos aqueles planejam o investimento de mídia e distribuem de forma estratégica as campanhas publicitárias de um cliente. E para homenagear estes profissionais, preparamos hoje um artigo que fala sobre as mudanças no setor, de uma maneira geral e suas transformações do convencional ao digital.

E para entender melhor sobre todas essas mudanças na mídia, basta fazer uma comparação com alguns anos atrás e analisar seu impacto, principalmente após o advento da internet.

É fato que a mídia está em transição, e apesar do tradicional ainda ser muito relevante, o digital é que tem ganhado mais espaço no cotidiano das pessoas.

Mas o que gerou essa mudança?

Para saber mais sobre o assunto, acompanhe esse texto até o final.

Mídias tradicionais x Mídias digitais

As mídias tradicionais estão em transformação, dividindo sua importância com plataformas digitais, mídias sociais, serviços de streaming e aplicativos diversos. Com essa variedade de opções, é preciso considerar o comportamento de mídia do consumidor e dividir a atenção e o investimento entre tantos canais. Isso tem sido um dos grandes desafios para os profissionais de mídia de hoje.

Também conhecida como mídia off-line, a televisão, por exemplo, ainda é uma das principais fontes de informação para até 60% dos espectadores. Acontece que, mesmo ao manter esse dispositivo ligado, nem sempre a atenção está diretamente nele, já dividindo sua dedicação a outros dispositivos, como por exemplo, os smartphones, reforçando cada vez mais o comportamento multitela.

Uma das principais características desse tipo de mídia é a sua abrangência e expansividade, já que atinge os mais diversos públicos com sua vasta audiência. Sua principal característica é a comunicação unilateral, onde há pouca ou nenhuma resposta/interação por parte do espectador.

Por outro lado, as mídias digitais ou mídias online crescem ano após ano, à medida que mais pessoas passam a ter acesso aos dispositivos eletrônicos e à internet. Tais canais apresentam características bilaterais de comunicação, ou seja, há uma troca real e tangível entre emissor e receptor.

A mídia digital e o perfil dos consumidores

Hoje em dia, os consumidores mudaram muito sua perspectiva em meio ao mercado, passando a ser mais exigentes com produtos e serviços que consomem. Desta forma, eles passam a buscar mais informações para adquirir o que desejam, fazendo com que as empresas precisem se destacar para atrair os potenciais clientes.

Se comparado à mídia tradicional, a mídia digital possui inúmeras ferramentas de atração, segmentação e entrega de resultados, tornando-se eficaz em qualquer estratégia de mídia.

Conteúdos específicos podem ser projetados e chegar ao público desejado por um custo muito menor, se comparado aos meios tradicionais. Tecnologias são melhoradas a cada dia para entregar de forma mais eficiente, diálogos personalizados e interações cada vez mais próximas e humanizadas, gerando mais conversão e aumentando perspectivas reais para as empresas.

Sobre os resultados: é possível ter acesso e controle de tudo com as mídias digitais, além da possibilidade de mudança de estratégia a qualquer momento, diante dos efeitos. Dá para saber, por exemplo, dados sobre alcance, visibilidade, engajamento, em números palpáveis. Através dos conteúdos publicados, a ideia é atrair o consumidor que vai se envolvendo com a marca e criando um relacionamento de confiança.

Por outro lado, se percebermos, a mídia tradicional, por sua vez, tem se adaptado e adequado seus conteúdos ao digital, seja se inserindo de forma humanizada nas redes sociais, criando suas próprias plataformas de conteúdo ou trabalhando uma programação conectada com outras estratégias. Ao contrário do que muitos pensam, as mídias tradicionais não morreram e ainda continuam muito relevantes para determinados públicos.

Cabe ao profissional de mídia, analisar, planejar e selecionar os melhores canais para impulsionar suas campanhas, sempre com foco nos melhores resultados para os clientes.

Neste texto, mostramos a você o que tem mudado em relação à mídia off-line para a mídia online e como os consumidores se comportam nessa transformação.

Gostou do artigo de hoje?

Se você ficou com alguma dúvida sobre inserir o seu negócio nas mídias digitais, entre em contato com um de nossos especialistas. Será um prazer te ajudar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deseja receber conteúdo por e-mail?

BUSQUE POR CATEGORIAS

MARKETING
DIGITAL

IDEIAS E
INSPIRAÇÕES

INSTITUCIONAL

DESIGN

ESTRATÉGIAS

UNIVERSIDADE
POP