10 SUPERDICAS para você desenvolver uma identidade visual EXCEPCIONAL

A identidade visual muitas vezes é o primeiro elemento de contato que seu público ou segmento pode ter com sua empresa, e é através dela que potenciais consumidores vão enxergar o negócio.

É composta por uma série de elementos gráficos – como logo, flyers, papel timbrado, avatar -, que juntos têm a proposta de transmitir e inspirar valores da empresa e deixar a marca fixada na cabeça do público. A famosa frase “quem é visto é lembrado”, nessa ocasião, deve ser levada ao pé da letra.

Pensando nisso, a POP preparou 10 SUPERDICAS que vão te ajudar na hora de criar uma identidade visual inesquecível e também a se aproximar ainda mais de futuros clientes e parceiros.

1- CONHEÇA SEU PÚBLICO

Você já conhece a persona do seu negócio? Ter um público-alvo é imprescindível para acertar na criação da sua marca. Através dele você terá uma visão mais ampla do que pode ou não ser aplicado, para que atinja com precisão seus consumidores.

Por isso, antes de começar, defina muito bem a sua persona, aquela que consome seu produto e ajuda a criar estratégias mais bem definidas e assertivas.

2 – PESQUISE TENDÊNCIAS

Estar por dentro dos trend tops de design e criação de marca podem te ajudar na hora de desenvolver a sua identidade visual. Além disso, acompanhar as últimas tendências do seu segmento dá uma visão mais ampla do que pode ser aproveitado para a composição de todo o material.

O minimalismo digital, por exemplo, é uma grande tendência que tem dado certo para diversas marcas. Até mesmo as grandes companhias têm apostado nesse novo modelo, por acreditarem que menos é mais. 

3 – EVITE MODISMOS

Acompanhar as tendências do seu segmento é essencial, como vimos no tópico anterior. Porém, é necessário usar isso sempre com muito senso e visando manter as características do seu negócio para que ele não se perca no meio de uma multidão de mesmas coisas. 

Antes de colocar em prática a criação, busque conhecer a sua empresa e aplicar os valores dela na marca para que ela se destaque das demais. 

4 – CORES, FORMAS E TIPOGRAFIA 

A composição gráfica da sua identidade visual precisa estar alinhada com todos os elementos que compõem uma marca. Para isso, é necessário se certificar de que todo o trabalho será realizado por um profissional qualificado, que tenha uma visão ampla e arrojada, para te ajudar e orientar em todo esse processo. 

O design exerce uma grande influência na decisão de compra do cliente. Por isso, todos esses elementos, como cor, tipografia e formas, devem conversar entre si para que a estética converse com seus clientes, já que muitas vezes este é o primeiro contato deles com sua empresa. 

5 – ACEITE AS MUDANÇAS

Criar uma identidade visual não é sinônimo de estar sempre atrelado àquela marca e nunca mais mudar. Grandes marcas precisam se reestruturar para que novos públicos se identifiquem. Grandes nomes do mercado, como Burger King, Nubank e Nike, perceberam que em um ponto de sua história a mudança seria um passo de sucesso. 

Por isso, se você já tem uma identidade visual e sua intenção é mudar, não fique com medo. Aposte no simples e mostre para os seus consumidores que sua marca preza pelo futuro.

7 – EVITE ENVOLVER SEUS GOSTOS PESSOAIS 

Quando se tem um negócio, é normal que em determinado momento o gosto pessoal vá sobressair diante de alguma decisão a ser tomada. Mas é preciso estar bastante atento se seus gostos pessoais coincidem com a proposta da identidade visual que será desenvolvida ou com o público que você quer atingir. Nesses casos, nossa dica é: observe as personas, tente alinhar suas ideias e sugestões com o modelo de brand que foi desenvolvido para que o trabalho não destoe com a proposta real, que é captar mais consumidores e clientes. 

8 – POSICIONE-SE E CRIE SEU DIFERENCIAL

Quando você define o diferencial da sua empresa e desenvolve um posicionamento dentro do mercado, é preciso que a identidade visual dela esteja alinhada com esses posicionamentos e diferenciais.

Como exemplo, temos o Nubank, que, dentre tantas empresas do segmento de fintechs, escolheu a cor roxa como o diferencial da marca. E é só observar como essa característica deu certo. Basta olhar para um cartão roxo que automaticamente associamos a ele.

Isso mostra que o design vai além de uma simples escolha de cores ou tipografias, e é necessário ter isso muito bem alinhado, para que as escolhas não atrapalhem mais do que ajudem.

9 – SIMPLICIDADE E OBJETIVIDADE GARANTEM MEMORIZAÇÃO

Você provavelmente deve conhecer marcas muito famosas, que na composição da identidade visual usam pouquíssimos elementos. Nike e Adidas estão entre elas. Essas duas gigantes da moda sportwear mostram que para chamar a atenção com uma marca não é necessário exagero.

Para que isso aconteça, é necessário que você conheça e entenda sobre seu nicho de mercado e sobre seus possíveis concorrentes. Simplicidade ajuda na memorização, e é isso que sua empresa precisa.

10 –  ENTRE EM CONTATO COM A POP

A POP COMUNICAÇÃO tem os profissionais certos para te ajudar em todas as etapas de criação e desenvolvimento de uma identidade visual que impacte e gere resultados. Caso tenha dúvidas de como começar a desenvolver todo esse processo, CLIQUE AQUI e converse com um de nossos consultores. 

Além disso, temos um portfólio incrível e cheio de cases de sucesso, que vão te ajudar e inspirar para criar sua identidade visual. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deseja receber conteúdo por e-mail?

BUSQUE POR CATEGORIAS

MARKETING
DIGITAL

IDEIAS E
INSPIRAÇÕES

INSTITUCIONAL

DESIGN

ESTRATÉGIAS

UNIVERSIDADE
POP